Na Irlanda, a decisão do governo de impor preços mínimos ao álcool entrou em vigor.

Como relata a força aérea, uma garrafa de vinho padrão agora não pode ser vendida por menos de 7,40 euros e uma lata de cerveja por menos de 1,70 euros. As mudanças também afetaram bebidas fortes: produtos com 40% de teor alcoólico não podem ser vendidos por menos de 20,70 euros.

O governo irlandês acredita que tais medidas são importantes para a saúde e ajudarão a mudar padrões perigosos de comportamento relacionados ao álcool.

A propósito, um passo semelhante foi dado na Escócia em 2018, o que levou ao fato de que, em 2019, o nível de consumo de álcool caiu para um nível mais baixo de todos os tempos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.